Segunda-feira, 26 de Setembro de 2011

Aqui

A cabeça cai, o olhar simula, a visão desce

Ao respirar, meu peito nem subiu, e percebi...

Estou aqui.Sinto falta, de ti.

 

Pensar sem sentir, animar sem rir

Aperta o peito sem querer, num torpor

Foge a revolta, fica algo, é dor?

Estou aqui. Sinto falta, de ti.

 

Não me perco, se já me encontrei

Já deixei que me levasses, mas hoje ao que parece fiquei

Não gosto, e arrasto o chão para te puxar

A gravidade não chega, faz-me gritar:

Vem, corre, voa mostra-te como sempre te vi.

Estou aqui. Sinto falta, de ti.

 

Os olhos fecham-se sem ver o que sonho

Perdem-se no turbilhão de uma memória que cega

O teu cheiro é vago como luz que se apega

Que se pegou, que me puxou

Para lá das memórias que não esqueci.

 

Estou aqui. Sinto falta, de ti.

Rabisco da autoria de Melancholic Soul às 00:05
link do post | Reage! | favorito

-->Eu sou o que sou, não o que fazem de mim

-->Procura-o

 

-->Novembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30


-->Ultimos Rabiscos

--> O relógio já tocou

--> Aqui

--> Deitar

--> É só mais um dia, talvez....

--> Improviso

--> New

--> Cabaret Fortuna - Bar Abe...

--> +

--> +

--> ...

-->Rabiscos Guardados

--> Novembro 2011

--> Setembro 2011

--> Agosto 2011

--> Fevereiro 2011

--> Janeiro 2011

--> Novembro 2010

--> Agosto 2010

--> Junho 2010

--> Abril 2010

--> Fevereiro 2010

--> Janeiro 2010

-->tags

--> todas as tags

-->Ligações

-->subscrever feeds